Search
Close this search box.
Turismo religioso

Câmara de Mossoró debaterá santuário de Santa Luzia

Foto: Edilberto Barros | CMM

Presidente da Câmara, Lawrence Amorim é proponente de debate

A Câmara Municipal de Mossoró ampliará o debate sobre a construção do santuário de Santa Luzia em Mossoró, em audiência pública, na próxima semana (sexta-feira, 14), às 9h. Proposta pelo presidente da Casa, Lawrence Amorim (Solidariedade), a reunião aprofundará a discussão da ideia e buscará encaminhamentos para concretizá-la.

Entre os aspectos de viabilidade a serem debatidos, estão opções de local do santuário, elaboração do projeto e formas de financiamento. Para subsidiar essa discussão, a Câmara convidará diversos segmentos para a audiência pública, que promete ser concorrida.

“Na reunião, faremos um amplo debate sobre o turismo religioso e o santuário da padroeira Santa Luzia em Mossoró. A intenção é encaminhar, como produto da discussão, ações práticas para começar a transformar essa ideia em realidade”, diz Lawrence.

De volta à pauta

O projeto retornou ao debate público na Câmara Municipal, dia 7 de março, quando o vereador defendeu a construção do santuário. Em pronunciamento, justificou a importância do turismo religioso para Mossoró e obteve, com isso, apoio das bancadas da situação e oposição.

Dias depois, o presidente ouviu de membros da Diocese de Mossoró o interesse na retomada do tema. No último dia 24, um conjunto de entidades culturais, lideradas pela Academia de Ciências Jurídicas e Sociais de Mossoró (ACJUS), hipotecaram apoio ao monumento.

Outros segmentos, dos setores públicos e privados, também têm se posicionado favoráveis. A julgar pela aceitação, a ideia do santuário está, portanto, transformando-se em uma causa de Mossoró.

“Diante disso, vamos reunir todos os interessados e discutir os melhores caminhos para tornar realidade o santuário de Santa Luzia, que fortalecerá a religiosidade, e a economia de Mossoró e o nome do nosso município em todo o Brasil”, observa Lawrence.

Compartilhe