Search
Close this search box.
Ditadura

Câmara fará audiência reparatória de apoio a 1964

Foto: Edilberto Barros | CMM

Sede da Câmara Municipal de Mossoró, que terá audiência pública histórica

Com a com a finalidade de debater sobre a importância da reparação histórica simbólica sobre o erro no apoio da Câmara Municipal ao Golpe Militar de 1964, o Poder Legislativo de Mossoró realizará audiência pública na próxima quinta-feira, 11 de julho, às 9h, por meio de requerimento de autoria da vereadora Marleide Cunha (PT), aprovado na sessão de terça-feira (2).

A proposição atende a recomendação do Ministério Público Federal (MPF), por meio da Procuradoria da República no Município de Mossoró.

Segundo Marleide, o golpe militar não restaurou o princípio da lei e da ordem, mas, na verdade, instaurou uma ditadura que cometeu graves crimes contra a humanidade, sendo de conhecimento público.

“É necessária a realização da audiência para debater sobre o erro histórico no apoio ao golpe militar, reconhecendo-se que os eventos ocorridos em 31 de março de 1964 não compuseram ‘movimento revolucionário’, mas sim um golpe militar que instaurou uma ditadura”, assegura a parlamentar.

Além disso, explica a parlamentar, a audiência serve para reforçar o papel fundamental da defesa da democracia por parte da Casa. “Sobretudo em razão de ser uma reparação histórica contra o golpe militar”, complementa.

A audiência pública será transmitida ao vivo pela TV Câmara Mossoró (canal 23.2 TCM) e pelo site www.mossoro.rn.leg.br.

Compartilhe