Search
Close this search box.
Sessão

CMM aprova projetos e apoia Francisco Carlos

Foto: Edilberto Barros | CMM

Sessão de hoje da Câmara de Mossoró

O plenário da Câmara Municipal de Mossoró aprovou hoje (8), por unanimidade, o Projeto de Lei 23/2024, que institui a Semana Municipal da Mãe Atípica em Mossoró.

De autoria do vereador Tony Fernandes (Avante), a proposta pretende dar visibilidade à Maternidade Atípica e chamar a atenção para quem cuida de pessoa com deficiência.

Os vereadores e vereadoras também aprovaram a criação do Dia Municipal de Incentivo à Adoção de Crianças e Adolescentes, previsto no Projeto de Lei 40/2024, de autoria do vereador Professor Francisco Carlos (União Brasil).

Conforme a proposta, o Dia Municipal será plataforma para aumentar a conscientização sobre a importância da adoção e os desafios de crianças e adolescentes que aguardam por uma família.

Outras aprovações

Também de autoria de Francisco Carlos, o plenário aprovou concessão de títulos de Cidadania Mossoroense aos professores José Anízio Rocha de Araújo e Ramon Acácio de Almeida, ao servidor público municipal Magno Lopes do Nascimento e ao empresário Francisco Sandro da Silva.

Outro projeto de lei aprovado hoje reconhece a Academia de Ciências Jurídicas e Sociais de Mossoró (Acjus) como Patrimônio Cultural Imaterial do Município de Mossoró.

O reconhecimento parte do projeto de lei 35/2024, de iniciativa do vereador Edson Carlos (União Brasil).

Todas as proposições foram aprovadas por unanimidade e, com exceção dos títulos de cidadania (decretos legislativos), foram enviados à Prefeitura para sanção.

Francisco Carlos (esq.) conversa com vereadores e servidor da Câmara (foto: Edilberto Barros)

 

Francisco Carlos recebe Moção de Apoio

 

Também na sessão de hoje, o plenário da Câmara Municipal de Mossoró aprovou, por unanimidade, Moção de Apoio ao vereador professor Francisco Carlos (União Brasil).

Iniciativa é do presidente da Casa, Lawrence Amorim (PSDB), com apoio dos demais parlamentares.

Com esse ato oficial, o Legislativo reforça a corrente em prol da saúde de Francisco Carlos, que iniciará tratamento contra mieloma múltiplo.

Solidariedade

O vereador também recebeu palavras de apoio de outros parlamentares. Foi durante pronunciamento de Francisco Carlos.

Na tribuna, ele compartilhou sua atual condição de saúde. O mieloma múltiplo é uma doença que afeta o sangue.

Carlos está prestes a iniciar o tratamento e expressou confiança nos resultados, ao destacar fé tanto na ciência quanto em Deus.

Vereador, em pronunciamento, demonstrou confiança (foto: Edilberto Barros)

 

Mandato e pré-candidaturas mantidos

 

No pronunciamento, Francisco Carlos informou que precisará se ausentar das salas de aula devido ao tratamento. Ele é professor do Departamento de Economia da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern).

No segundo semestre, o afastamento será mais prolongado. No entanto, continuará atuando na Câmara Municipal de Mossoró, onde a flexibilidade de horários permite conciliar suas atribuições.

O parlamentar também reafirmou pré-candidatura à reeleição pelo União Brasil nas eleições de 6 de outubro deste ano.

 

Compartilhe