Search
Close this search box.
Pesquisa

CNPq aprova projetos de 12 pesquisadores da Ufersa

Foto: Assecom | Ufersa

Pesquisa na Ufersa tem projetos aprovados

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) divulgou a relação de pesquisadores contemplados com edital de apoio à pesquisa no Brasil. Na Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), 12 docentes foram contemplados.

O edital visa apoiar projetos que contribuem para o desenvolvimento científico e tecnológico e de inovação em qualquer área do conhecimento. Os valores aprovados variam de R$ 5 mil a R$ 237 mil reais, totalizando quase R$ 1,1 milhão.

O professor Daniel Valadão, do Centro de Ciências Agrárias da Ufersa, foi contemplado com R$ 237 mil para o desenvolvimento do projeto “Desenvolvimento de tecnologias para a remediação de herbicidas residuais no solo”.

Segundo o professor, o incentivo do CNPq possibilitará a aquisição de equipamentos permanentes, material de custeio e de bolsas para alunos e técnicos de laboratório.

A pesquisa tem a participação da professora Márcia Michelle, vice-coordenadora do projeto e, de outros professores e pesquisadores da Ufersa, bem como de instituições parceiras como a UFVJM, UEMG e UFRB.

Para a professora Valéria Veras, do Centro de Ciências Animais, a aprovação permitirá custear duas teses de doutorado de discentes do Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal.

Outros municípios

O edital também contemplou pesquisadores fora da sede da universidade, como o do campus de Angicos. O professor Ciro Jardim de Figueiredo, do curso de Engenharia de Produção teve aprovado R$ mais de R$ 26 mil.

“A importância é mostrar o potencial competitivo dos campi com relação à pesquisa que resultará na publicação de artigos, produtos e, possivelmente patentes, colocando a Ufersa Angicos em destaque”, considerou o professor.

A pesquisa do professor será voltada para um sistema de monitoramento da segurança pública no Rio Grande do Norte tendo como alvo as áreas de vulnerabilidade social.

Para o pró-reitor de pesquisa e pós-graduação da Ufersa, professor Glauber Nunes, a aprovação dos projetos na Chamada Universal do CNPq representa um resultado histórico.

“Nunca houve tantos projetos aprovados em uma chamada desta natureza. Isso mostra a força e preparo dos nossos docentes na captação de recursos e, sobretudo, a qualidade dos projetos”, afirmou. (Com informações da Ufersa)

Compartilhe