Search
Close this search box.
Ipanguaçu

Novo prefeito será diplomado dia 28 deste mês

Foto: Divulgação

Remo e Sílvio: eleitos em pleito suplementar, ontem

Eleitos ontem (5), em eleição suplementar, prefeito e vice-prefeitos de Ipanguaçu, Remo da Fonseca Silveira (Progressista) e Silvio Nobre (Solidariedade) serão diplomados em dia 28 de março e ficarão nos cargos até dezembro de 2024.

Candidatos da Coligação Resistência do Povo, Remo e Silvio obtiveram 50,14% dos votos. A maioria sobre o adversário, Jefferson Charles (PL), foi de apenas 29 votos.

A eleição suplementar foi decidida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN), em 5 de dezembro de 2022. O eleito em 2020, Valdereto (PL), teve mandato cassado em novembro do ano passado, com a vice-prefeita, Mara Carmelita (PSB), por compra de voto e abuso de poder político no pleito municipal.

Ontem, o pleito suplementar reuniu 10.689 votos, dos quais 10.527 votos válidos (98,48%), 94 (0,88%) nulos e 68 (0,64%) em branco. Os eleitores votaram em 37 seções eleitorais, em 6 locais de votação, com o suporte de 160 mesários.

Eleitor ou eleitora ausentes podem justificar a falta presencialmente, no Cartório Eleitoral, ou enviar requerimento pelo sistema Justifica, em até 60 (sessenta) dias após o pleito.

Quanto ao mesário que não compareceu, é necessário justificar a ausência, em requerimento para o Cartório Eleitoral, pelo e-mail ze054@tre-rn.jus.br, ou pelo WhatsApp 3654-5954 em 30 dias, a partir do dia da eleição (05/03).

Além de Ipanguaçu, no Rio Grande do Norte, quatro municípios do Rio Grande do Sul também passaram por eleições suplementares, ontem: Miraguaí, Redentora, Capão do Cipó e Caseiros.

Compartilhe