Search
Close this search box.
Sucessão mossoroense

PT nacional confirma apoio a Lawrence

Foto: PT Mossoró

Membros do PT de Mossoró, em reunião sábado passado: decisão ratificada

O diretório nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) ratificou, ontem (17), a resolução do PT de Mossoró, que, sábado (15), decidiu retirar o nome da deputada estadual Isolda Dantas à Prefeitura e apoiar a pré-candidatura a prefeito de Lawrence Amorim (PSDB).

Na resolução, o PT de Mossoró define: “Comprometemo-nos a colaborar ativamente na formação de uma frente sólida e unida em oposição ao atual prefeito, visando apresentar à população de Mossoró uma alternativa verdadeira e comprometida com o bem-estar coletivo.”

O partido também declara “apoio à pré-candidatura à prefeitura do atual presidente da Câmara, Lawrence Amorim (PSDB), reconhecendo o agrupamento em torno do seu projeto de oposição. Destacamos a importância de contribuir para a composição da chapa, incluindo a indicação do nome para a vice-prefeitura pela Federação Brasil da Esperança”.

 

Oposição avança rumo à frente ampla

 

O apoio do PT a Lawremce Amorim fortalece a oposição em Mossoró para as eleições deste ano. É que o fato encaminha uma frente ampla oposicionista no município.

Na prática, a decisão do PT avança, com a federação Brasil da Esperança, rumo a uma aliança de diversos partidos em torno da pré-candidatura a prefeito de Lawrence.

Além do PT, PV, PC do B e PSDB, outros partidos se somarão à frente de ampla de oposição no município. Diálogos nesse sentido estão avançados e terão desfecho nos próximos dias, de modo a construir uma aliança plural e competitiva, com um novo projeto para Mossoró.

‘Nova extrema-direita’

Em sua resolução, o PT decide pelo fortalecimento da oposição por reconhecer que Allyson Bezerra é “a nova extrema-direita e contrário aos interesses da classe trabalhadora e à transformação liderada por Lula, Fátima e o PT”.

O gestor, segundo a resolução, é “responsável pela precarização dos direitos dos servidores, desmonte das políticas culturais, descaso com a saúde da população, abandono dos bairros periféricos, enfraquecimento das instâncias democráticas e participação social do município”.

 

Vereadora defende união contra ‘autoritarismo’

 

Vereadora Marleide Cunha propõe união de forças democráticas (foto: CMM)

A deputada Isolda Dantas, presidenta do PT Mossoró, reforçou que “a união da oposição não é abrir mão de um projeto pra Mossoró, mas fazer uma disputa real e muito necessária. Temos a responsabilidade de livrar Mossoró dessa gestão mentirosa e ditatorial”.

Única vereadora do PT em Mossoró, Marleide Cunha também defendeu, no encontro do PT, a construção de uma frente ampla de oposição.

“Quando políticos autoritários surgem como sérios competidores eleitorais, temos que ter a disposição de nos juntar com oponentes ideologicamente distantes, mas comprometidos com a ordem política democrática”, justificou

O contexto de Mossoró, na avaliação da parlamentar, exige a união de forças democráticas numa frente ampla de oposição “para derrotar o avanço do autoritarismo e a tirania instalada em Mossoró pelo atual prefeito Allyson Bezerra”.

 

Lawrence elogia decisão e agradece o apoio

 

Lawrence Amorim diz ser importante unir forças (foto: CMM)

O pré-candidato a prefeito Lawrence Amorim avalia como positiva a decisão do PT de priorizar uma frente ampla de oposição à Prefeitura de Mossoró em 2024.

“A resolução do PT de Mossoró fortalece a oposição e demonstra a grandeza e o espírito público do partido”, comenta Lawrence, em nota à imprensa.

Ao agradecer a confiança no seu nome, ele informa que continua dialogando em prol de um novo projeto para Mossoró. “Importante unir forças”, frisa.

“Estamos construindo uma aliança democrática, pensando em soluções para a Mossoró de hoje e do amanhã”, afirma Lawrence.

Compartilhe