Search
Close this search box.
Articulação

Uern: Plano de Cargos será ajustado na ALRN

Foto: Agecom | Uern

A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) formalizou, hoje (7), ofício à Associação dos Docentes (Aduern). Nele, segundo a Reitoria, há avanços para a implantação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) da categoria docente.

Contida no ofício nº 1072/2022-Uern, a proposta não foi apreciada na assembleia da Aduern, ontem. A proposição traz os seguintes pontos:

 

• Implantação, em 2023, da tabela do PCCR docente, com aumento salarial de 5% no salário base, para todas as classes e todos os níveis;

• Implantação, em 2024, da tabela 3, com elevação da titulação: 10% para a Classe I; 26% para a Classe II e 55% para a Classe III;

• Antecipação da tabela 4, de 2025 para 2024, com aumento de 10% no salário base e reflexo nas titulações;

• Assinatura de uma Carta Compromisso perante as categorias docentes e técnico administrativa para, a partir de 2025, construir uma campanha salarial, discutindo a reposição de perdas, dentro das condições garantidas pela autonomia financeira.

 

Trâmites

A apreciação imediata da proposta pela Aduern, ainda segundo a Reitoria, é fundamental para que a Universidade encaminhe, ao Governo do Estado, o anteprojeto de lei que complementará o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração da categoria docente da Fuern.

“Vale ressaltar que essa definição demanda celeridade, uma vez que a conclusão da implementação do PCCR depende de aprovação em lei estadual (na Assembleia Legislativa), de modo que é preciso enviar ao Governo do Estado, ainda neste ano, o referido anteprojeto”, alerta a Reitoria, em nota.

Compartilhe