Universidades também suspendem aulas

Foto: Divulgação

Em nota oficial, a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) anunciou a suspensão das atividades administrativas e acadêmicas, realizadas de forma presencial, nos Campi da Uern (Mossoró, Assú, Caicó, Natal, Patu e Pau dos Ferros), a partir desta terça-feira, 14 de março.

“Estão autorizadas as aulas e atividades que possam ser desenvolvidas de forma remota. A medida tem como objetivo resguardar a segurança da comunidade, especialmente de todos e todas que dependem do transporte público de passageiros”, justifica a Uern.

A instituição lamentou os recentes ataques à Segurança Pública no Estado do Rio Grande do Norte e acrescenta: “O cenário será avaliado diariamente, podendo haver retorno às atividades presenciais a qualquer momento”.

Ufersa

A Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) também comunicou hoje que, em decorrência dos episódios de violência que se espalham por diversas cidades do Rio Grande do Norte e para preservar a integridade da comunidade acadêmica da Ufersa, a suspensão das atividades acadêmicas e administrativas.

“A decisão se aplica ao Campus Sede, em Mossoró, nos campi de Angicos, Caraúbas e Pau dos Ferros e no polo de Educação a Distância em Serra de São Bento. A suspensão das atividades permanece durante todo o dia de hoje, 14 de março de 2023”, comunica a Ufersa, em Nota.

Em Mossoró, o acesso ao Campus Sede ficará mais restrito a partir das 13h. O portão de acesso ao Expocenter será fechado e o acesso pelas guaritas do Lado Leste e Oeste ficarão com os padrões de feriados e domingos.

“A Gestão da Ufersa monitora toda a situação e, assim que necessário, emitirá novas decisões conforme o desdobramento do dia”, conclui a universidade.

Outros desdobramentos

Mais cedo, a Prefeitura de Mossoró anunciou a suspensão do serviço de transporte coletivo urbano e das aulas da rede municipal de ensino, também por causa dos ataques criminosos, iniciados na madrugada desta terça-feira (14) no Rio Grande do Norte.

Compartilhe